18.7.10

por dentro

e somos tão opostos quanto o sol e a lua,
estamos tão longe quanto o céu e a terra,
caminhamos em direções diferentes,
seguimos em outras estradas da vida
e mesmo assim, admito não ver nenhuma barreira intransponível.

Um comentário:

  1. É como dizem, o amor não tem fronteiras!
    Amei o blog!
    Bjos

    ResponderExcluir

Que sua leitura tenha sido agradável! Se quiser se expressar, as portas estão abertas. Comentários respondidos nos blogs de origem.