27.1.11

e eles explicam

"O que é o amor segundo algumas crianças? Se as crianças conseguem percebê-lo imediatamente, por que nós não?"

  Lembro de ter encontrado isto há muito tempo e ter guardado carinhosamente mas sinceramente não sei onde achei. Iria selecionar apenas alguns, mas é tão encantador que acabei colocando quase todos. Observem: 

“O amor é o que te faz sorrir quando estás cansado.” Terri, 4 anos


"Quando você fala para alguém algo ruim sobre você mesmo e sente medo que essa pessoa não venha a te amar por causa disso, aí você se surpreende, já que não só continuam te amando, como agora te amam mais ainda” Samantha , 7 anos

"Há dois tipos de amor, o nosso amor e o amor de deus, mas o amor de deus junta os dois” Jenny, 4 anos

“Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você deixa ele sozinho o dia inteiro” Mary Ann, 4 anos

“Quando alguém te ama, a forma de dizer o teu nome é diferente... Tu sentes que o teu nome está seguro na boca dessa pessoa. ” Billy, 4 anos.[este me ganhou]

“Quando a minha avó ficou com artrite, e deixou de poder dobrar-se para pintar as unhas dos pés, o meu avô passou a pintar as unhas dela, apesar dele também ter muita artrite. Isso é o amor.” Rebeca, 8 anos.

“Amor é quando alguém te magoa, e tu, mesmo muito magoado, não gritas porque sabes que isso vai ferir os sentimentos da outra pessoa.” Mathew, 6 anos.

3 comentários:

  1. Fá, querida!!

    Vim retribuir o carinho no meu blog, e me encantei com esse post.
    Fá, as crianças são as pessoas mais sábias deste mundo, eu não tenho dúvidas disso.
    A sabedoria deles, junto com a ingenuidade e o coração puro, os torna diferentes e sábios.
    Eu jamais deixo de escutar o que uma criança diz, jamais.

    Lindo post, lindo blog!

    Um abraço de bom dia!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, me arrepiei lendo isso.

    Quanta sabedoria nessa criançada, né?

    Um beijo, linda

    ResponderExcluir
  3. Olá, adorei seu blog. Faça uma visitinha e siga o meu. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/ Grande abraço

    Renato Douglas

    ResponderExcluir

Que sua leitura tenha sido agradável! Se quiser se expressar, as portas estão abertas. Comentários respondidos nos blogs de origem.